Guia de tiro para CrossFire: Legends

 

Se você já leu o nosso guia de iniciantes e, principalmente, o de armas e equipamentos para CrossFire, chegou a hora de saber quais são as melhores técnicas de tiro. É claro que tudo isso vai depender da arma que você escolher, mas como falamos acima, para isso, consulte nosso guia específico. Aqui o assunto é treinar, especificamente, a forma com que você vai disparar o gatilho, buscando sempre obter a melhor mira e causar o máximo de dano possível. Para a sua sorte, as técnicas não são muitas. O segredo está em praticá-las e dominá-las para se tornar um exímio atirador em CrossFire. Preparado? Então preste atenção!

 

 

Como já falamos acima, certifique-se de, primeiro, escolher a arma ideal para caso. De forma resumida, rifles para todas as situações, de longe e de perto, em especial o sniper para longas distâncias, pistolas para abrir mão de poder de dano e contar com uma melhor precisão, shotguns para aniquilar seus adversários de perto e submetralhadoras para situações onde agilidade é o mais importante. Em CrossFire existem basicamente 3 técnicas específicas de tiro, cada qual com suas vantagens e desvantagens. Preste muita atenção, pois apesar de parecerem simples, dominá-las pode ser mais difícil do que parece. Vamos a elas.

 

 

Tiro simples

Como o próprio nome já diz, a primeira e mais básica das técnicas de tiro em CrossFire é o tiro simples. Ou seja, um tiro por vez. Saiba, desde já, que esta forma exige controle e precisão, já que a mira se movimenta, por isso é preciso estar muito consciente do momento exato de disparar o gatilho. Esta técnica é ideal para tiros de longa distância e com armas capazes de causar uma enorme quantidade de dano com uma só bala. Um ponto importante é não perder o controle, já que quanto mais atirar, já que o recoil de uma arma deste calibre é considerável. No máximo, caso não acerte de primeira, tenta uma segunda vez e aguarde um pouco, nunca se tornando um alvo fácil para os adversários. O ideal, aliás, é trocar de posição sempre que isso acontecer, mesmo que minimamente, uma vez que o ângulo e o próprio barulho do disparo alertarão seus oponentes para a sua localização. Outro ponto imprescindível para o seu sucesso é estar absolutamente parado. Só assim você conseguirá mirar de forma mais precisa. Confira alguns pontos positivos da técnica de tiro simples:

– Baixo consumo de munição
– Capacidade de se movimentar rapidamente
– Eliminação do recoil, desde que você não perca o controle e saia disparando que nem um louco.
– Controle total da mira.

 

 

Burst

Sem dúvida alguma, o burst é a técnica mais popular e mais utilizado pelos players não apenas de CrossFire, mas basicamente qualquer game do estilo. Ela consiste em cerca de 4 a 6 tiros por vez, compensando sempre o recoil com a mira, puxando-a levemente para baixo. Assim, você aumenta as suas chances de causar um headshot, mas caso não consiga, ainda tem grandes possibilidades de causar um dano, mesmo que não fatal, em seu oponente. Ela é ideal para ser utilizada mais de perto, em confrontes onde sua posição não é mais segredo para o inimigo. Ou seja, não há mais o elemento surpresa, e a única dúvida está entre quem matará quem mais rápido. Mesmo que você possa arriscar alguns tiros em movimento, o ideal é se manter estável, maximizando assim a sua precisão. Uma sugestão está em mirar sempre do dorso para cima. As maiores vantagens deste estilo são:

– Consumo médio de munição
– Alta capacidade de mobilidade, inclusive com possibilidades de atirar.
– Mira considerável, mesmo que não fatal.
– Possibilidade de kill mesmo sem acertar a cabeça, devido a quantidade de balas disparadas.

 

 

Spraying

Esta é, sem sombra de dúvida, a técnica de tiro mais difícil de controlar. E por isso mesmo, muitas vezes, os players acabam usando e abusando apenas do tiro simples e do burst. Mas se você tiver paciência para treinar, pode acabar levando vantagem em relação a seus oponentes. Basicamente, o spraying consiste em atirar até esvaziar o pente. Assim, não parece tão difícil, não é mesmo? O que acontece é que as chances disso funcionar não são lá tão grandes, uma vez que quanto mais atirar, mais avariada estará a sua mira, dificultando o acerto da bala. Sinceramente, se trata de uma técnica para momentos mais desesperadores, onde partir para o tudo ou nada se faz essencial.

 

 

Treine com boots!

Uma sugestão para dominar as técnicas citadas acima é no modo boot, onde você poderá praticar contra inimigos controlados pela máquina. Ou seja, sem correr riscos de manchar sua reputação ou colocar objetivos em cheque. Lembre-se: a prática é o primeiro passo para dominar uma técnica.

 

 

Se você for capaz de dominar estas técnicas, em especial o tiro simples e o burst, estará aumentando em muito as suas chances de se sair bem em CrossFire. O spraying também é importante, mas representa uma abordagem muito mais instintiva, uma vez que, em uma situação complicada, convenhamos, esvaziar o gatilho é o primeiro passo de basicamente todo e qualquer player em fps games. Agora que já leu sobre, cabe a você colocar estas ideias em práticas, treinando primeiramente com boots para entender a complexidade de cada competência e, posteriormente, partir para o jogo real, mostrando a seus adversários que você é bom de tiro. Boa sorte e bom jogo!

Baixe CrossFire: Legends no BlueStacks

Comentários