Free Fire: Battlegrounds – Primeira Partida

Free Fire

 

Pessoal, é aquela história que todos os gamers ligados no nosso momento atual já sabem. Você e mais 49 jogadores são jogados em uma ilha repleta de armamentos e itens e terão que lutar até surgir o vencedor: o último homem (ou mulher) que restar de pé no fim da batalha. O famoso battle royale, o queridinho do momento. Mas só é querido porque é realmente muito divertido! No universo de Free Fire você e os outros foram postos nessa ilha por uma misteriosa organização chamada FF. Mas esse assunto é pra outro post. O importante é que você está a todo tempo caçando ou sendo caçado. Que adrenalina! Hoje vamos dar dicas para você, menina ou menino novato, começar sua jornada no Free Fire. Vamos simular como seria sua primeira partida!

 

Começando do começo

 

 

Após baixar o Free Fire através da plataforma BlueStacks (rápido tutorial em https://www.youtube.com/watch?v=m0hlaQ5JRLI e mais informações em https://www.bluestacks.com/pt-br/) e esperar todas as atualizações, você escolherá um dos meios para fazer login – Facebook, VK ou como visitante. Depois disso, você vai escolher o sexo e o nome do seu personagem. Em seguida, várias janelas com várias mensagens vão aparecer. Por enquanto o que você vai fazer é sair fechando (apertando X) ou dando OK em todas elas porque, nesse momento, você tá sedento pelo campo de batalha e quer começar esse jogo o mais rápido possível. Então vamos pro que interessa.

Na tela do seu personagem há várias informações – que devemos explorar futuramente em posts aqui do blog –, mas vamos focar na parte à direita da tela:

 

 

Os modos de jogo são divididos em Ranqueado e Casual. Ora, você, jovem aprendiz, é um jogador casual. No modo Casual há jogos em equipe ou solo. Para fins educativos, hoje vamos explorar o modo solo porque é menos burocrático e você tá muito sofrendo com a ansiedade.

 

Quase lá…

Você aparecerá num lobby cheio de outros jogadores. Essa área serve mais para você conhecer o visual do jogo e experimentar os controles. Aliás! É uma etapa muito importante para você mapear os controles do BlueStacks! O BlueStacks possui um modo chamado Battle Royale Mode. Para acessá-lo basta apertar o F1 do seu teclado. Os controles serão configurados como um FPS comum de computador: WASD para movimentar o personagem e o mouse para movimentar a cabeça e atirar. Ainda assim, é possível que nem todos os botões do jogo sejam mapeados de forma correta. Nesse caso, você deve abrir o mapeamento de teclas – um tecladinho no canto inferior direito do BlueStacks – e corrigir e customizar o mapeamento do seu teclado como você preferir, para tornar a jogatina mais confortável! Basta arrastar as áreas de botões para o lugar escolhido e editar a tecla. Recomendamos que você faça isso no lobby para evitar surpresas desagradáveis no campo de batalha.

 

 

Depois de alguns segundos, o tempo do lobby termina e agora sim! Você está no avião indo para o combate. Escolha um local e salte!

 

 

Let the games begin!

Chegando perto de aterrizar, seu paraquedas vai abrir automaticamente e seu objetivo é encontrar o abrigo mais próximo para não ficar desprotegido.

 

 

Primeiramente, CORRA atrás de uma arma. Pode ser qualquer uma: pistola, submetralhadora, rifle… em um momento de desespero qualquer uma serve. Até uma frigideira! Pode até acontecer de você encontrar itens ao ar livre, mas certamente você irá encontrá-los nos edifícios, sejam eles da espécie que forem.

 

 

Estar desarmado em um jogo de Free Fire é pedir para se dar mal. Enquanto você procura por armas, não deixe de coletar os itens que auxiliam na simples tarefa de lhe manter vivo: as mochilas aumentam a sua capacidade de carregar objetos; os coletes reduzem o dano recebido nas lutas; os capacetes são essenciais porque evitam os famosos headshots e os kits médicos curam o seu personagem, revitalizando seu HP. Procure, também, upgrades para a arma que você está usando. Um aumento de cartucho evita um aperto de gatilho constrangedor e uma mira x4 pode ser o que está faltando para você acertar aquele seu último oponente.

 

Bala neles!

 

 

Uma vez armado e equipado é só partir pro embate. Os encontros em Free Fire podem acontecer se dar de diversas maneiras: em campo aberto, dentro de uma casa, alguém pode te perseguir com um carro, você pode estar no alto de uma torre e seu inimigo pode estar no chão, etc. O importante é não se desesperar e ter atenção. Há muitas variáveis em uma batalha. Mantenha-se em movimento para evitar balas sempre que possível, procure cobertura, ande agachado ou deite-se para se proteger e fique de olho na sua quantidade de balas e barra de HP.

 

 

Fique de olho no círculo

 

 

A zona segura é algo que sempre tem que estar na sua mente durante a partida. Afinal de contas, isso pode ser um fator de decisão da disputa. Funciona assim: de tempos em tempos, esse círculo vai se fechando e todos que estão fora dele sofrem dano automaticamente. Isso é uma escolha de game design com o intuito de levar todos os jogadores para o mesmo local. Imagina se todos os jogadores pudessem passear livremente pelo enorme mapa do Free Fire? As chances de encontro seriam muito pequenas. Por isso, a zona segura é um perigo constante! Um anúncio surge na tela avisando o tempo que falta para a zona aparecer e para a zona a diminuir – nessa hora, você só corre em direção ao centro do círculo, criança!

 

E… morra?

 

 

Sim, caro leitor ou leitora, você vai morrer bastante. Mas isso é bom, sabe? O único jeito de melhorar no jogo é jogando e, no início, você não vai se dar muito bem. E isso é natural, ninguém nasceu sabendo tudo. Já já você vai ter conhecimento sobre o jogo o suficiente para saber que tipo de arma prefere, por exemplo, e vai ter aperfeiçoado suas habilidades nos controles. Principalmente com a facilidade na jogabilidade que o BlueStacks oferece. Em breve, mais posts sobre Free Fire!

Boa jogatina!

 

Comentários