Guias de Jogos

Magic: The Gathering Arena – Guia para a construção de deck

Postado por: Equipe de conteúdo BlueStacks

Agora que começou a jogar Magic The Gathering: Aren, é hora de construir o primeiro deck. Para quem é iniciante, criar o primeiro deck pode ser uma tarefa desafiadora. Até porque, existem centenas de cartas disponíveis e cada uma delas possui um efeito exclusivo. Como não se pode esperar que quem está começando no jogo leia todas as descrições de todas as cartas antes de começar a jogar, é preciso haver uma maneira mais simples de criar o primeiro deck. E é justamente para isso que estamos aqui hoje: ajudar iniciantes a construírem um deck que funcione.

Magic: The Gathering Arena – Guia para a construção de deck

A maneira mais simples de montar um deck é procurar na internet uma lista com os baralhos em destaque e colar os códigos na sua conta. Como a maioria dos baralhos construídos exigem cartas em quantidades específicas, a menos que tenha a quantidade necessária de todas as cartas ou tenha número suficiente de cartas coringa, é provável que não consiga usá-los logo de cara. Mesmo com poucos recursos, é preciso criar o seu próprio baralho. Para te ajudar nisso, ao longo deste guia, você confere dicas sobre como construir um deck em MTGA, independentemente de quais cartas possua em sua coleção. Vamos lá?

Escolhendo um arquétipo

O aspecto mais importante na construção de deck é a escolha de um arquétipo ou tema geral. Não dá para colocar somente as cartas mais fortes da coleção no baralho e esperar que ele funcione. Alguns baralhos conseguem usar cartas mais fracas e ainda assim continuarem fortes. Isso acontece graças à sinergia, que é a maneira com que as cartas interagem entre si. Se você não tem ideia do tema que quer usar em seu baralho, jogue uma dúzia de partidas contra pessoas de verdade no modo padrão e preste atenção nos diferentes arquétipos disponíveis no momento.

Magic: The Gathering Arena – Guia para a construção de deck

Outro método é a leitura integral de toda a coleção de cartas, o que pode levar um tempinho. Mesmo assim, é uma estratégia interessante para entender como o jogo funciona. Escolher um arquétipo costuma envolver a descoberta do seu estilo de jogo preferido. Algumas pessoas preferem uma vitória rápida e arriscada, enquanto outras preferem calcular cada movimento antes de agir. Não importa o tipo de jogador ou jogadora que você é, Magic: The Gathering Arena certamente tem um arquétipo para você. Então escolha o seu com sabedoria.

Foque nas cores do seu deck

Há cinco cores em Magic: The Gathering Arena: azul, vermelho, verde, branco e preto. Cada cor representa um modo diferente de se jogar. As cartas azuis usam muitos feitiços e mágicas instantâneas, enquanto as verdes contam com muitas muitas criaturas. As brancas têm feitiços de cura, enquanto as pretas são especializadas em matar criaturas. Por fim, temos as vermelhas, que causam dano continuamente em seus adversários e possuem criaturas agressivas que atacam muito rapidamente.

Magic: The Gathering Arena – Guia para a construção de deck

Há baralhos que usam as cinco cores, mas lembre-se de que quanto mais cores adicionar ao seu baralho, mais difícil será de jogar. Os baralhos monocromáticos são a melhor opção para iniciantes, mas recomendamos que jogue com baralhos de aproximadamente duas cores, pois estes são capazes de usar boa parte da sua coleção sem necessariamente fazerem com que a jogatina se torne muito difícil. Como todas as cores podem trabalhar bem em conjunto, você vai descobrir que existe um arquétipo de baralho para cada combinação de cor no jogo.

Distribuição de custo

Agora que você já sabe que tipo de baralho deseja criar, é hora de falarmos sobre as principais mecânicas que envolvem a criação de um baralho. Em nosso Guia de Iniciantes, falamos sobre o funcionamento das cartas e suas principais características. Dê uma passadinha lá. Hoje, falamos sobre a distribuição de custo, que se refere ao gerenciamento do custo de mana de cada carta no jogo. A regra mais importante do jogo é: você deve conseguir jogar pelo menos uma carta por turno. Para isso, é necessário possuir cartas de custo 1, 2, 3, e assim sucessivamente. A quantidade de cartas de cada custo vai depender do tipo de baralho que deseja criar.

Magic: The Gathering Arena – Guia para a construção de deck

Não se pode jogar com um baralho com criaturas de custo 5 e esperar vencer sem nenhuma carta que custe menos do que isso. Se jogar assim, seus adversários vão dizimar o seu baralho antes que você consiga colocar criaturas para se defender. É por isso que é importante que você tenha uma distribuição balanceada entre cartas com baixo custo de e cartas de custo elevado de mana. Nessa conta, as cartas de baixo custo devem aparecer em maior quantidade. Do contrário, é provável que você morra com um monte de cartas fortes na mão. Quanto maior o custo de uma unidade, menos ela deve estar em seu baralho, visto que será mais difícil colocá-la em campo.

Distribuindo terrenos

A distribuição de terrenos depende do arquétipo utilizado, cor do baralho e distribuição do custo de mana. Se jogar com baralhos monocromáticos, basta inserir 24 unidades de um terreno da mesma cor e tudo está resolvido. Se estiver jogando com um baralho de várias cores, será preciso equilibrar a distribuição de terrenos de acordo com as suas necessidades. Se estiver usando um baralho azul e vermelho, por exemplo, terá que colocar terrenos vermelhos e azuis. Se 75% das suas cartas são azuis e 25% vermelhas, use a mesma proporção para distribuir seus terrenos.

Magic: The Gathering Arena – Guia para a construção de deck

Em Magic: The Gathering Arena, há terrenos especiais que concedem dois tipos de mana. Eles são bons para usar com os baralhos de várias cores, mas ainda vai precisar colocar terrenos básicos, visto que os terrenos especiais entram virados. Se estiver jogando em um baralho com o padrão de 24 terrenos, tenha pelo menos 10 terrenos básicos distribuídos de acordo com as suas cores. Na medida em que jogar com baralhos mais avançados, a necessidade de possuir tantos terrenos básicos diminui. Até lá, não deixe que faltem.

Tenha cartas estratégicas

Ter cartas estratégicas significa possuir em seu baralho cartas que consigam contornar problemas causados pelos baralhos do meta. Essas cartas não devem ser os principais recursos do seu baralho e você não deve esperar comprá-las a todo momento. Em vez disso, use-as somente quando situações específicas acontecerem. Na maioria dos casos, essas cartas são feitiços que impedem que você perca logo de cara para os baralhos do meta.

Magic: The Gathering Arena – Guia para a construção de deck

Lembre-se que as cartas estratégias são opcionais e devem ser adicionadas apenas quando a situação exigir. Essa é uma dica avançada e é possível que você só a domine quando evoluir um pouco mais no jogo, mas é interessante que conheça ela desde o início. Assim, poderá estudar as fraquezas do seu baralho desde cedo.

Vídeos da BlueStacks

  • Apresentando a versão nativa do BlueStacks 5 Jogando Hero Wars Mobile!

    May 27, 2021

    Apresentando a versão nativa do BlueStacks 5 Jogando Hero Wars Mobile!

  • COMO ABRIR VÁRIAS CONTAS AO MESMO TEMPO! BlueStacks 5 - Lords Mobile

    May 27, 2021

    COMO ABRIR VÁRIAS CONTAS AO MESMO TEMPO! BlueStacks 5 - Lords Mobile

  • A NOVA VERSÃO DO BLUESTACKS 5!! CONFIGURANDO SENSI + HUD NO FREE FIRE!

    May 27, 2021

    A NOVA VERSÃO DO BLUESTACKS 5!! CONFIGURANDO SENSI + HUD NO FREE FIRE!

Ver Todos

Notícias

Clique para instalar

Tenha acesso ao conteúdo mais completo sobre jogos em nosso boletim semanal.

Jogue seus jogos Android favoritos no PC.